sexta-feira, novembro 25, 2011

Entre as montanhas


Perdi o nascer do sol. por que esqueci o gosto da vida,
é como magica desaparece ao  piscar dos olhos.
Não escuto o cantar dos pássaros e nem sinto a brisa 
da meia noite. Nas montanhas encontrei a calmaria 
do meu coração partido, da dor que fizeram comigo.

Perdi aquela doce voz, nas montanhas ao longe do 
meu alcance não ouso o eco da sua eufonia.
Não escuto sua voz pedindo por clemencia. 
Eu a perdi!

Entre as montanhas caminho  sem destino,
admirando o verde da natureza e vida das 
águas correntes dos rios.
 Já não tenho a essência da vida
separado da realidade, da agitação da noite,
 como já estivesse morto!

Entre as montanhas cair e não consigo
 me levantar mais.

segunda-feira, novembro 21, 2011

Labirinto


Alguém pode vir aqui me ajudar?
 Estou perdido sem saber encontrar  a saída. 
Estou perdido em meus pesadelos, nas minhas 
loucuras insanas.
Já não aguento mas chorar, 
esquecido nessa imensidão...

Corro sem para feito um louco, a busca do caminho 
certo da minha liberdade, mas só encontro barreiras
 fechadas que me impedem  seguir em frente.
 Impedem ser feliz!
Há cada dia que passa, vou desistindo da vida.

Vão sendo apagamos meus sonhos. e meus olhos
ofusca com as miragem. Já estou perdido sem 
esperança, perdido cansando sem pode corre mais,
já me perco nas ilusões desse maldito lugar.

Me ajuda a sair ? 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...