terça-feira, dezembro 25, 2012

Caminho túrbido



Em um noite maluca peguei a estrada em busca do amor,
não foi como esperava, o destino me enganou novamente.
Só que não irei desistir agora !
Não irei olhar para baixo, castigando-me...

Eu sei que você se esconde dos meus olhos,
sei também que não conheço a verdadeira dor,
mas vou continuar seguindo em frente sem direção,
até que tome um rumo que me leve pra perto de ti.

A cada parada, duvido-me dos meus sonhos, a 
cada curva dada eu olho as horas se passarem  depressa.
E não falta desanimo em todo crepúsculo, estando 
tão longe do seu amor.

Tempo perdido!
Quando decair, e todas as dores passarem eu deixarei 
de caminhar, em uma nova vida alegre!
Desfalecido minha alma acompanha o dia ceder para noite...

Vou encontrar meu amor perdido nessa estrada.
Cruzando a linha do tempo até o fim do caminho,
seguindo as estrelas cintilantes do céu escuro.



sábado, dezembro 15, 2012

Parte de mim



A cada dia que passa me sinto mais inseguro com sua presença,
você esta com uma forma irreconhecível, os seus 
olhos perderam o brilho bonito que tinha.
 Eu gostava quando me olhava
 e saia um sorriso perdido em seus lábios rosados,
 antes que me abrace diga-me o que sente.

Eu abrir meus olhos e seu rosto desaparecia em minha visão,
a canção que escolhemos já corta meus ouvidos em raio do dor.
Você se tornou uma coisa desprezível, que magoa meus  sentimentos...
o silencio entre nós é cada vez mais intenso.
 Eu não consigo suporta esses momentos, decair até o fim.

E como vou ficar?
E meus sonhos você vem a minha cabeça ao deitar na cama,
me sinto só, vivendo aquele momento só, como um estranho 
dia apos o outro. Observando o destino mudar nossas vidas,
me afastando do seu alcance, pôr fim você irá me esquece 
depois que dobrar aquela esquina sem deixar uma palavra.

Para sempre ficará parte de sua essência e meu coração,
um pouco de seus olhos cintilantes em minha memoria.
Haverá alguém que irá me completar, em algum momento 
no futuro desarranjado...

domingo, novembro 25, 2012

Desamparo



Estava certo que você chegava naquele primeiro verão,
mas não havia ninguém, em momento algum.
Você não apareceu como tinha prometido, e eu
estava a sua espera parada no porto das lembranças.
Eu estava lá...

Sentei-me em uma grande rocha, que avistava o mar,
o vento frio balançava meus cabelos que voavam, sem 
direção, e minhas lagrimas se espalhava pelo rosto.
Oscilava em poucas lembranças de sua face,
amargurei a alma que despertava em mim.

Lancei-me no escuro, sem se preocupar com o medo,
fui-me destruindo aos poucos por seu desamparo.
Não devia me iludir com suas promessas, transcorre 
em meus olhos o verão perdido...
As flores morreram junto a meu espirito dolorido.

Está tão frio lá fora, mas não me importo com isso.
Avistava tanta gente no porto das lembranças, 
e você nunca chegava.
Abrindo mais essa cicatriz perpétua, que doía a
cada palavras ouvida. Você não devia fazer isso comigo,
eu te amava...
    

domingo, novembro 11, 2012

Sem você



Já pude observa todas as mudanças das estações,
como o tempo parece voar, quando o silêncio toma
de conta do dia.
Me prendo em uma unica mascará que cobre meu rosto,
 não queria que  isso tudo se tornasse real.

Mas era muito doloroso saber a verdade em frente ao seus olhos,
Como se o mundo afasta-se você de mim.
Sem poder gritar que te amo, minha voz é fraca 
para ouvir. O tempo todo eu vejo você cruzar 
meu caminho, sem olhar para o lado onde me escondo.

Sem você, tento me dopar de coisas falsas.
Sem você, esqueço do gosto da vida e me destruo por dentro.
Sem você, abandono meu futuro, com medo de esta sozinho.

Paraliso no presente, onde eu possa olhar em seus olhos,
onde eu possa desenhar seu rosto em meus sonhos.
Criando um final feliz nessa historia, 
minha pequena cicatriz permanente...
Sem você !

Eu te amo...


domingo, novembro 04, 2012

Não foi culpa minha!


Perdia-me desse novo espaço que você criou.
Perdia-me das coisas que estavam se formando.
Perdia-me, de sua nova vida.
Perdia-me de você...

Não foi culpa minha que a brisa fria tocava meu ser.
Não foi culpa minha que abrir meus olhos para ti enxerga 
direito. Você se tornou um modelo da mentira,
mas eu não irei mudar o jeito estranho de ser.

Perdia-me quando saía com seus novos amigos descolados.
Perdia-me, porque não sei ser outra pessoa.
Você me encontrou desse jeito estranho.
E agora vivo sozinho nesse meu mundo.

Não foi culpa minha deixar me afastar de você.
Todo meu desencanto por sua nova vida bonita.
Mas eu não sou igual a você, deixe-me com minha
melancolia com saudades do passado.

Quando nos eramos bizarros.
Não foi culpa minha, te deixa sem avisa,
não chore, não chore por mim.
Perdia-me de você
E hoje caminho sozinho sem felicidade.



sábado, outubro 13, 2012

Antes e Depois.


Foi quando eu sentir seu olhar frio em minha direção,
que me afogou com a serenidade em seu rosto.
Este é o fim! Da história criada em nosso livro de amor,
sem seus braços cheios de afeto.
Este é o fim.

Você sempre foi minha primeira entrada para realidade,
quando o me perdia em minhas fantasias, você segurava 
minha alma, caída em solidão.
Como se estivesse salvado-me do caos que a vida nos 
proporciona. Salvando-me da maldade do mundo.

Você foi quente e frio.
Você era bom e mal.
Você sentia, depois não.
Você era o antes e o depois...

Não importava onde deixava cair meu coração,
você sempre segurava minha mão a sua, 
 enfrentando as barreiras da dor.
 Sentia o frio te magoar, mas não conseguir ser capaz 
de ti ajudar. Este é o fim.

Você foi a luz e o escuro.
Você foi a chuva e o vento.
Você sentia depois não.
Você foi meu primeiro amor.
Você era o antes e o depois...

terça-feira, setembro 18, 2012

Desilusão



Você pode ouvir meus choros no meio da noite,
eu posso sentir como a dor é insuportável,
quando se esta rompido.
É como cair em um abismo sem fim,
arrancando todos os sentimentos de esperança,
se tornando vazio por dentro, foram muitos momentos
vividos, outros esquecidos. Porque seu amor permanece 
em minha memoria. 

Mas eu não sou inquebrável.
hoje suas palavras não serve para se ouvir,
é como se estivesse morto...
Quando olho para você desprende a vida que tivemos juntos.
Quando olho para você escurece e lhe perco de vista.
Quando olho para você, não nego que um dia te amava...

Como se tornou tão frio, e me deixa sozinho na escuridão,
a mágoa se vem dentro de mim, de achar que nosso amor era
real. Só queria que tudo isso fosse um sonhos, sem ter medo
de um novo pesadelo.
Eu só queria...



  

terça-feira, setembro 11, 2012

Sem importância



Eu não me importo com seus sentimentos baratos por mim!
Queria poder cortas suas entranhas, sangrando até a morte,
e quando estivesse jogado. Estava lá de pé vendo você
cair...

Já brinquei muito contigo, agora estou abusado do seu ser,
sua alma fede ao meu lado. Sinto que nunca devia ter te conhecido,
sua alma fede, e me enjoou quando lembro do seu nome.
Quero ti ver inferior ao meu ser grandioso!

Você parasse um vadia drogada nas esquinas, 
que me divertir ti usando como minha pequena marionete,
mas não criei ilusões em querer para sempre.
Sua alma fede!

Sou melhor que você pode imaginar.
A sua perfeição esta escondida em meu pequeno mundo estranho,
mas agora queria poder te estraçalhar por dentro, até a morte...
Não ligo para seus sentimentos baratos, como essa merda 
me importasse. 
Sua alma fede.

terça-feira, setembro 04, 2012

Corrompido


Você aparenta esta quebrado, e eu não consigo concerta-lo.
Você perdeu seu brilho, quando fez a escolhe errada,
e isso doeu em meu coração.
Tente ficar com os olhos abertos, não deixe o mundo
desviar para o lado, siga em frente.

Você esqueceu a promessa feita naquele dia de verão.
Você se tornou o objeto de menor valor.
E agora vejo que esta na hora de parti, para um 
outro lugar melhor!
Para sempre eu vou me lembrar da dua doce voz...

Você se tornou uma pessoa corrompida, e não vejo mais 
verdade em suas palavras.
Quebrado! 
Não posso lhe concerta, e isso afetou minha alma.


domingo, setembro 02, 2012

Chances perdidas




Eu podia ver seu sorriso bobo, quando estava presente naquele momento.
Eu podia pedir pra você que guardasse 
segredo do dia que fugimos para longe,
e meu dia se tornava melhor,sempre que sairmos a noite.
Você me mostrava a lua que brilhava deslumbradamente no céu.
Nossas almas eram tão ligadas, como só estivesse apenas um ser.

Eu gostava quando me rodava, até a tontura bater na cabeça 
e cairmos, como se o mundo estivesse girando e 
girando na minha frente.
Eu podia pedir a você, que me amasse para sempre, 
podia pedir que  abrisse os olhos para ver o dia perfeito de agora.

Sempre sonhei esta em um castelo, e você chegava em seu cavalo branco 
para me buscar.  Atravessamos o infinito para ficamos juntos, nada e ninguém conseguiria estragar esse momento feliz...
Eu podia pedir para ser meu herói?

Mas me falta aprender a superar te perde, 
porque não conseguir  ouvir meu coração.
Não conseguir esquecer as chances perdidas por perde a coragem!
Eu podia pedir a você, que me amasse, mas fracassei.
Eu vir você desaparecendo da minha vista, mas nada podia fazer...


quinta-feira, julho 26, 2012

Seu Túmulo



Nunca esquecerei aquelas palavras que saíram de sua boca,
paresia palavras perdidas as destino, mas eu sentir o peso 
que elas carregava. Seus olhos trémulos não escondia a 
verdade mesmo tentando desfaçar a dor.
Aquele momento triste meus olhos escorriam a perda do amor,
que construir.
Naquele instante o vento batia em seus cabelos escuros que dançava
com o vento forte.

Me perdoa pelas minhas estranhezas e instintos sombrio.
Meu corpo chorava por dentro depois que partiu antes do por do sol,
eu segurei suas mãos quando estava caindo ao chão. Foi o fim para
minha vida...

Seu coração não batia mais ! Vir o fechar dos seus olhos vermelhos,
nunca esquecerei o dia que colocaram a lapide com seu nome.
Chovia em seu túmulo por ter perdido um anjo. Meu anjo !
O céu fechado naquela manhã maldita, eu deitei sobre a terra 
que ti abraça, mas sabia que nunca mas veria novamente...
Gostava da primavera quando sairmos para ver os lírios da praça,
só que você partiu sem mim.

Agora busco seus lírios para deixa-los em seu túmulo todas as tardes. 
Me perdoa porque não posso te trazer de volta para a vida para que 
podemos viver feliz...
Me deitei em sua cova e meu coração doía tanto.
Segurei suas mãos quando estava caindo, e isso me destruiu por inteiro
Eu chorei...





quinta-feira, julho 19, 2012

Angel






Quando vir o brilho da noite
o deslumbramento das estrelas agarra-me
em minha vida obscura.E meu coração chama por ti,
mas esta muito escuro para ver seu lustro.
Meu anjo não me deixe sozinho nas trevas.
Meu anjo seu esplendor me encantou quando aparecesse a mim.

Pernoitava horas sem rumo que caia-me dolorosamente esse tormento.
Não acreditava na minha salvação, vendo o céu sempre o mesmo.
Tênue caminhava sozinho na noite escura,
até ti percebe ao meu redor meu anjo...

E toda estrela brilhante eu vejo seu rosto, a luz dos seus olhos claros.
Meu coração chama por ti, mas está escuro demais para ver seu brilho.
Meu anjo a sua fortaleza me levanta dia-a-dia.
Meu anjo eu preciso de sua salvação !
Venha ao meu auxilio, venha buscar-me desse chão ?
Meu anjo...

quinta-feira, julho 05, 2012

Chuva



A tristeza conduzia meu ser, trazia mas a lembrança do nascer do sol.
Não pairava vento naquele dia de consternação !
Você trouxe a chuva que molhou meu corpo vazio por inteiro,
este balanço das almas no silencio deixava o brilho do seu 
olhar perdido...


Você trouxe a chuva que molhou minha vida entristecida, 
que percorria as ruas sem direção.
Lá fora eu via cair temporal que cobria o céu azul, 
tornando escuro sem deslumbramento.
Que um dia desapareceu o brilho da esperança...


Você trouxe e chuva junto a ti, que transbordou meu ser,
e meu pequeno sonho que tinha, foi destruindo junto a minha vida.
Chovia e havia silencio naquela tarde e quando olho para você 
a brisa cobria-me, em desencanto. 


E agora eu me lembro de ti, como um grande desejo que nos 
liga...
Você trouxe a chuva !



segunda-feira, junho 25, 2012

Mostre-se





Aquela noite fria reluzia pouca luzes no fim da rua,
eu via seu rastro deixado pelo chão, mas não sei quem 
é você. 
E meu coração pedia para seguir em frente em meio ao escuro.
Que me deixava frustado... 

Mas não tinha ninguém ali.
Eu não sei quem é você !
Sonhava que um dia mostrasse seu rosto, não precisa ficar com 
medo de mim. É como sentia-se por perto, mas continuo sem
saber o que era essa sensação que sentia.

Achava tudo isso uma paranoia minha, só que era mais real
ao meus sentimentos, parecia ser ligado a mim.
Venha ! Estenda sua mão, que ajudarei a subir de onde 
estiver...  Mostre seu rosto !
Não me deixe ir embora sem me despedir.

Eu vejo sua dor, mas não sei quem é você ?
Que ser meu amigo ?

Perdido




Eu me lembro da primeira vez que  enfrentei o mar 
de gelo que queimava meu coração.
Abandonado nas trevas permaneço no frio que o escuro
deixava ! Esquecido no anoitecer sentia a dor da solidão.

Nunca abrir os olhos para a verdade.
Deixe-me ser controlado pelo medo do escuro!
Tudo parece morto agora.
O chão que pisava desabava em um abismo profundo...

Parece que não tem saída no final, as almas voam para 
cima no céu marinho.
Estão deixando seus corpos, tudo parece está morto
agora. E  não tinha mas aquela euforia de antes.

Nascendo para morre.
E não existe uma outra escolha imortal,
eu me lembro que fechei os olhos para não viver.
Mas vejo a realidade em minha frente, 
estou perdido.

quinta-feira, junho 14, 2012

Inquebrável



Foram tantas tentativas perdidas, tantas chances 
jogadas fora, eu reconheço meu fracasso.
Já não tenho mas forças para te destruir, sua
fortaleza é maior que minha alma...

Pode passar anos mais não conseguirei ao menos 
trinca-lo, inquebrável.
O tempo todo minha fé  colocava-me de pé diante de ti,
mas minhas mãos doem tanto !

Meu cansaço físico enfraquece meu corpo, eu não 
consigo te destruir inquebrável.
Sua apostura congelada blinda seu poder contra a mim,
eu me vejo perdido na  ventania que seus olhos escuros revelam.

Foram tantas tentativas perdidas, só conseguirei 
aliviar esse peso ao te ver caído nesse chão.
Mas encontrarei seu ponto fraco!

sexta-feira, junho 01, 2012

Tempo perdido



Já cansei de perde meu tempo com você,
eu não vejo futuro nessa sua brincadeira de mal gosto.
Não vejo verdade em seus olhos, estou perdendo meu
tempo mais uma vez dando uma segunda chance.

Me pergunto o porque ainda esta em meus pensamentos,
não entendo porque devo te perdoa. 
Depois de tantas coisas que fizeste a mim, não consigo te
odiar...

Mas agora cansei de derramar lagrimas dolorosas por você,
por que enquanto eu te amava, seus olhos desviava o meu carinho.
Não quero mas tiver por perto, suma da minha vida de uma só
vez, já cansei.

Não quero mas jogar meu tempo fora !
Hoje me libertei das correntes que me prendia e voltarei  
a voar, erguendo a cabeça indo atras da minha felicidade,
desejada. 

quinta-feira, maio 24, 2012

Deixe-me queimar






Não adiante tentar me salvar, não pertenço mas a essa vida !
Criei um buraco que acabei caindo, tenho andando tropeçando
nas escolhas e a perdi.
E meu coração pedia por ajuda mas não o ouvir...

Deixe-me queimar, por que eu mereço isso !
Deixe-me queimar, não criei a verdade em minha vida.
Deixe-me queimar, agora que não sinto mas a dor.
Não me ajude...

Talvez em outra chance eu possa fazer o certo,
tente esquecer que existo, que um dia me conheceu.
Não pertenço mas no seu mundo,
Deixe-me queimar.

Quando fechar meus olhos já não estarei presente,
as chamas tomaram meu corpo com sede de água.
Mas não me ajude, já errei demais aqui.
Deixe-me queimar, talvez assim possa aliviar meu espirito.

Queimando, queimando...

sexta-feira, maio 18, 2012

Não chore !




Prometi não te deixar só, e quando precisar-se do 
meu carinho entregarei em suas mãos. Prometi livrar 
daquela dor que guardava no coração...
Mas hoje não estou ao seu lado.

Não chore por mim, eu estou bem.
Não chore querida, hoje me encontro em uma outra vida.
Lembre-se que sempre estarei com você,
não chore por mim...

É difícil ter que enfrentar as dificuldades de pé,
mais tem que continuar seguindo, e quando encontrar
um novo amor poderei descansar em paz.
Se decompondo aos poucos, eu estou bem.

Me lembro dos bons momentos ao seu lado. 
Das risadas perdidas em seus olhos escuros,
me lembro do seu nome.
Não chore por mim ! 

Eu estou bem...

quinta-feira, maio 10, 2012

Sua vida



Você sabe que esse mundo se encontra perdido,
você ainda quer continuar aqui nesse lugar ?
Esta sendo controlado pela ganancia e egoismo.

Encontraste tanta gente que vive sem ter objetivos 
de vida , chamando  de mortos sem alma.
Mesmo assim não desiste de prosseguir...

Pra tudo tem seu objetivo mesmo sendo ele ruim ou 
bom, vivemos para tentar a sorte.
Há sorte que procuramos em nossas historias.

Você ainda reclama da sua miserável vida, ainda não 
sabe de nada. aprenda o máximo faça suas loucuras 
insanas sem pensar no hoje, transforme sua vida em fantasia.

Solte-a deixa voar sua verdadeira identidade, não se esconda 
para o mundo. Não fique debaixo de um roupa comum,
liberte seu espirito e lhe deixe sair...  

quinta-feira, maio 03, 2012

Não da mais para voar !



Deixei de lado meu brilho celestial que possuía, 
fui fraco deixando que as tentações jogada ao ar 
caísse sobre mim. 
Acabei perdendo as chamas divinas da vida eterna. 

Perdi minhas belas asas que tanto gostava. 
Cair nesse chão duro, que escolhi viver...
Hoje me tornei um simples humano pecador a sofrer 
e lutar todos os dias.

As minhas preses é a unica coisa que continuo a fazer !
Não posso mais voar...
O arrependimento gira em torno ao mal, e caio novamente.
Envergonhado enfrentando as consequência que o mundo 
me oferece.

Quando olho para os pássaros, me bate a tristeza.
Quero minhas asas de volta. Mas não dar mais para 
voar... Nunca mais ! 







quarta-feira, abril 25, 2012

Esquecido


Era noite de inverno, eu olhava para fora pela janela do carro
vendo o escuro do céu com estrelas reluzentes que brilhava
em um lugar distante sem fim. Encantado com inúmeras forma
continuava a olhar...

Eles me disseram que seria uma perfeita viagem feliz !
Com o corpo cansado agarrei no sono. Quando abrir 
meus olhos no clarear do sol que tocava no meu rosto,
não me encontrava dentro do carro. Eu chamava por eles...

Veio uma mulher estranha que contou que eles tinham partido.
Isso aumentou meu desespero e meu choro parecia não ter fim,
sair correndo pelos corredores vendo outras crianças brincando 
em seus quartos.

Os portões fechados impedia que eu fugisse dela. Eles tiraram 
minhas pernas, eles me contava que seriamos felizes para sempre.
Porque tinha que ser assim ? Eu era apenas uma criança inocente... 
Querendo amor, por que é tão difícil amar ? 

Quero minha casa de volta ! 
Me leva para casa ? 
Eles me disseram que seria um perfeita viagem feliz.
Feliz... Feliz ! 

   

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...